Centro Ambiental De S. Matias

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

(ECO) LÓGICA

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

O lugar de S.Matias é marcado pela paisagem da serra de monfurado e três pequenas construções que com ela constituem um conjunto singular: A igreja quinhentista, dominando desde a cota alta o cemitério, lá em baixo; e uma antiga escola primária, - projecto do Estado Novo profusamente repetido em toda a metade Sul do país (aqui na versão “Alentejo”) -, no extremo oposto da área de implantação e de costas para o núcleo religioso.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

A escola tem frente sobre o caminho que daqui liga ao monte e a outras construções dispersas donde chegavam as crianças. Voltado a poente, o cruzeiro poligonal no adro da igreja assinala a transição do pequeno planalto murado para a encosta suave que termina na ribeira de guadalupe.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

O abandono progressivo deste conjunto construído é paradigmático do envelhecimento e êxodo da população dos meios rurais, na última metade do séc. XX em Portugal: A escola, sem crianças, fechou. O culto na igreja apenas é praticado por ocasião de algum funeral. O cemitério foi recentemente ampliado, confirmando a tendência e a funesta necessidade.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

A casa do padre, na traseira da igreja, deu lugar a um restaurante. Abandonou-se a horta. Cresceram ervas ambicionadas pelas vacas no vale, do outro lado da vedação.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

O restaurante tomou o nome de casa de pasto, (talvez pelo estado em que se encontrava a envolvente), e ganhou fama. Afluiram visitantes, acedendo em direcção à traseira da igreja. Os automóveis foram ceifando uma clareira no pasto.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

A escola foi cedida para actividades pedagógicas relacionadas com o ambiente. O magnífico alpendre do recreio retomou parte do bulício de outros tempos, aberto sobre o antigo recinto escolar, a poente, e sobre a paisagem.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

O conjunto foi, aos poucos, conhecendo um novo centro, a meio entre a fachada tardós na igreja, - agora fachada principal do restaurante -, e o alpendre atrás da escola, - frente temática do centro de interpretação ambiental.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

Tudo isto tinha já iniciado, lentamente, a construção do projecto que nos foi solicitado.

Ventura Trindade Arquitectos  · Centro Ambiental De S. Matias
Ventura Trindade Arquitectos

Propomos desenhar um terreiro em saibro, - um quadrado perfeito de 30x30m -, actualmente assinalado pela clareira disforme do estacionamento, e recentrar os acessos ao conjunto edificado de s.matias pelo espaço que fôra antes uma espécie de logradouro das construções existentes. Esta imensa área de recepção multiusos está contido por dois muros existentes em alvenaria de pedra seca e é servido, junto ao acesso a sul, por uma área de estacionamento, inscrita debaixo de um manto denso de árvores de espécies autóctones, plantadas sobre um aterro que atenua o ruído da estrada nacional.

O terreiro é rematado a norte por uma plataforma empedrada que espreita a paisagem de monfurado já para além dos limites do planalto, sob a sombra de um magnífico sobreiro.

Esta esplanada é simultaneamente uma varanda fresca, com bancos e água, e a cobertura do novo espaço polivalente do centro ambiental, construido na diferença de cota entre o terreiro e o vale, interrompendo o muro de pedra que limita o terreno. A sala de trabalho e actividades funciona deste modo também como observatório previlegiado sobre a paisagem.

O edifício da antiga escola é utilizado como área expositiva do material informativo e documentação a produzir sobre o sítio classificado. A relação visual com o espaço de trabalho e o terreiro é feita através da abertura de um vão de 2x2m, na parede que confina com o alpendre.

Propõe-se reutilizar a horta, que em tempos foi mantida pelo pároco de s.matias, para as actividades de agricultura biológica que o centro organiza em workhop’s, podendo os produtos vir a ser consumidos no restaurante local.

Os resíduos orgânicos aí recolhidos serão tratados num sistema de compostagem instalado no solo a norte do edifício da escola e reutilizados na horta.

O plano de água necessário à atracção de diversas espécies animais é propiciado pelo tanque que abastecerá a horta a partir da retenção de águas pluviais.

Uma vez limpos os muros de suporte em pedra que definem o recinto, será provável que se venha a verificar a presença de répteis. Lagartos ao sol do alentejo.

×